O Aumento da Piscosidade na Plataforma de Cidreira


No inicio da Plataforma os principais peixes eram os Papa-Terras. Até ai nada diferente, pois são os peixes que pescamos em toda a costa/praia gaucha.

 Conforme a Plataforma ia avançando mar a adentro novas espécies começaram a serem pescadas- Peixes de maiores profundidades. Assim vieram os Pampos, os Bagres, As Corvinas, Peixes Anjos Arraias,Borriquetes,Miraguaias. Cações etc.

Quando construímos o T, no verão encostam os Caçonetes Martelos. Nas colunas formaram-se Habitats de Cocorocas. E de Abroteas.

 Na última década surgiram os Peixes-Rei. No inicio de forma acanhada e de pequenos tamanhos. Os pescadores se encantaram pois não precisavam de iscas ,como fazem na ponte de Imbé/Tramandai.Posteriormente vieram os rabichos lig-lig .E finalmente apareceram os de grande tamanho. Hoje é  o peixe que rivaliza com o Papa-Terra em quantidade de peças pro

duzidas. Na caçada dos Reis vem os Peixes Espada.

 Nos últimos 5 anos, atrás dos Reis, começaram as Enchovas e depois as Pescadas .No inicio timidamente .Porem há dois anos encostam grandes cardumes, em torno dos Lava Peixes de cima em busca de descartes de pesca ,pois são peixes carnívoros  vorazes. Hoje a Pescada é o terceiro peixe mais pescado na Plataforma.

Ao lado da Plataforma tem um Recife chamado Ilha do Amor .É um formador natural de Cracas, plânctons e algas ,onde habitam Mexilhões,Caranguejos,Siris principalmente os com um braço mais gordo chamados pelos pescadores de Dartagnans -por causa dos Três Mosqueteiros – Ali encostam as Tainhas em

busca de alimentos e proteção .E neste ano houve uma abundancia ,nas imediações, deste gostoso Peixe .

   A História não para por ai .Quais serão os novos  peixes que irão  chegar na Plataforma ?