Mais frio, mais pesca

O frio, que está vindo do Sul, está espantando de lá os peixes que buscam águas mais quentes, ou seja, as nossas. Pois apesar de a temperatura do ar aqui esteja por volta de zero grau, a temperatura da água ainda gira em torno dos 18 graus .Você pode imaginar quanto ar frio necessita para diminuir um grau da água do mar.Considerando o altíssimo volume de águas que tem nosso mar.Ou seja precisa um grande tempo para a troca de temperatura .
Assim o frio trás possibilidade de grandes pescarias. Na razão de que quanto mais geladas as águas do Sul menos possibilidade de gerar alimentos, pois os alimentos são gerados por calor. Então não resta aos peixes subirem em busca de temperatura mais propicia para se alimentarem.Aí que entra a Plataforma de Cidreira com seus nichos de geração de alimentos, bem como de proteção contra os vorazes predadores.
Os principais peixes atraídos por temperaturas mais baixas aqui são os Papas e Biterrass. Também os Reis que vem comer algas no Solzinho. Claro que com as Enchovas e Pescadas no seu encalço. Além disso, está na época da chegada de grandes Pampos que são troféus gostosos de pescar.
Como a pesca de Bagres no mar está liberada, para que gosta como eu de fazer um Bagre na panela de ferro no fogão a lenha, acompanhado de uma moqueca, o clima está perfeito.
Ah! Tem as Corvinas, Borriquetes e Miraguaias!!
Boas Pescarias.

Ermud Tramf

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, atividades ao ar livre e texto
Nenhum texto alternativo automático disponível.